Ferry Capraia a Livorno

A rota de ferry Capraia Livorno conecta
Ilha Capraia com Itália. Atualmente há apenas 1 companhia de ferry operando esse serviço, Toremar. A travessia opera até 9 vezes cada semana com duração de travessia de cerca de 2 horas 45 minutos.
As durações das travessias Capraia Livorno variam com frequencia de temporada a temporada, assim, nós aconselhamos que você faça uma verificação em tempo real para obter a informação mais atualizada.

Operadoras de Ferry Capraia - Livorno

  • Toremar
    • 9 Travessias por semana 2 hr 45 min
    • Obter preço

Média de Preços Capraia Livorno

Os preços apresentados representam o preço médio só de ida pago pelos nossos clientes. A reserva mais comum na rota Capraia Livorno é um carro e 2 passageiros.

Guia Capraia

Capraia é a ilha mais ocidental das sete ilhas do arquipélago toscano, e a terceira maior depois de Elba e Giglio. A ilha fica a cerca de 62 km da cidade de Livorno por mar, a 32 km ao noroeste da ilha de Elba e 30 km da ilha francesa da Córsega. A pequena ilha de origem vulcânica, tem uma área de cerca de 19 km quadrados e está a 466 metros acima do nível do mar. O pequeno porto da ilha, Porto di Capraia, está ligado à aldeia pela única estrada asfaltada na ilha. Na aldeia, que é dominada pela fortaleza de São Jorge, os visitantes encontrarão a Igreja do Assunta, a Igreja de São Nicolau e do Sagrado Coração de Jesus, a Igreja e Convento de Santo Antônio e a Igreja de St . Stefano alla Piana. A ilha é conhecida por sua produção de vinho e sua pesca de anchova.

A ilha está ligada por ferry a Livorno, que está a cerca de 60 km de distância.

Guia Livorno

A cidade italiana de Livorno é um porto importante na costa oeste da Itália. Muitos navios de cruzeiro visitam Livorno, porta de entrada marítima para a região da Toscana. A cidade é também um importante terminal de ferry. Muitos turistas visitam Livorno na rota para os principais destinos turísticos da Toscana como Florença, Pisa, Lucca e Siena. Livorno foi concebida como uma "cidade ideal" durante o Renascimento italiano, quando o país era governado pelo Grão-Duque da família Medici. Os principais acréscimos foram projetados pelo arquiteto Bernardo Buontalenti no final do século 16. Como muitas cidades italianas, Livorno já foi cercada por muralhas construídas para proteger os seus cidadãos dos invasores. Muitos desses muros antigos ainda estão intactos hoje e valem bem a pena uma visita.

O porto tem comodidades modernas, incluindo rampas e banheiros e chuveiros para os viajantes. Ele também tem bares, restaurantes, quiosques de serviços de informação, um centro de conferências, bancos e muitos serviços adicionais. Do porto, existem serviços de ferry para Bastia, Olbia, Golfo Aranci, Cagliari e para a Tunísia.