Génova - Tunis é uma de nossas rotas mais procuradas - as travessias se esgotam frequentemente durante os períodos de maior movimento.
Dica:Não deixe para depois! Reserve agora para assegurar seu horário de saída

Por que usar
Direct Ferries?

Ferries de 3325 rotas e 764 portos no mundo todo

Mais de 2,5 de clientes confiam em nós

Nós organizamos mais de 1,2 milhões de travessias por ano

Nós verificamos até 1 milhões preços para nossos clientes todos os dias

Para maiores informações, por favor, visite nossa página Ferries de Itália para Tunísia.

Operadoras de Ferry Génova - Tunis

    • 3 Travessias por semana 22 hr 15 min
    • Get Price
    • 3 Travessias por semana 20 hr
    • Get Price

Guia Génova

Gênova é uma cidade portuária na Itália e a capital da região da Liguria, localizada no mar Mediterrâneo. A parte velha da cidade foi declarada Patrimônio Mundial da UNESCO em 2006 e a cidade em geral tem uma rica história de arte, música, arquitetura e gastronomia. A cidade foi declarada a Capital Europeia da Cultura em 2004. Gênova é também o local de nascimento de Cristóvão Colombo e Niccolo Paganini.

O centro histórico de Gênova é um labirinto de praças e estreitas caruggias (típicas ruelas genovesas). Ele tem uma dimensão medieval a partir das intervenções barrocas e do século 16 (praça San Matteo e antiga Via Aurea, agora via Garibaldi). Restos das antigas muralhas do século 17 ainda são visíveis perto da Catedral de San Lorenzo, que é o lugar mais frequentado do culto de Gênova.

O porto de Gênova é o maior porto comercial e industrial italiano e um dos portos mais ativos da Europa no Mediterrâneo. O Terminal Marítimo está localizado na Calata Chiappella, entre Ponte Assereto e Ponte Colombo. A partir do porto ferries partem principalmente para a Sardenha, Sicília, Córsega, Espanha, Tunísia e Marrocos. O terminal de ferry tem muitos níveis e é acessível para cadeira de rodas. No nível superior, há salas de espera e um grande centro comercial.


Guia Tunis

Tunis, capital da Tunísia, está localizada no lado norte do país, perto de Cartago e Sidi Bou Said. Com a sua gloriosa mistura de estilos arquitetônicos, avenidas largas e estreitas vielas cruzadas em parte por bondes, Tunis encarna o espírito e a herança do sul e do norte do Mediterrâneo. A Medina da cidade já não tem suas paredes antigas, de pedra, mas nas ruas cônicos, mesquitas e estruturas históricas permanecem como Patrimônio Mundial da UNESCO. Em nítido contraste as desorientadoras passagens finas do antigo bairro, a Ville Nouvelle (Cidade Nova) de Tunis possui um layout de estilo de grade ordenada puro e elegância colonial construída pelos franceses. No centro da capital, a revitalização mais recente trouxe glamour fresco e renovação de seus belos teatros, edifícios art nouveau, mercado franco-árabe e catedrais coloniais construídas em estilo bizantino Romano. Para escapar do calor da tarde na cidade, os visitantes devem pegar um lugar no terraço coberto de um café no parque Belvedere ou procurar um dos museus deTunis, como o Dar Ben Abdallah, o Museu National do Bardo.