Naxos - Kastelorizo é uma de nossas rotas mais procuradas - as travessias se esgotam frequentemente durante os períodos de maior movimento.
Dica:Não deixe para depois! Reserve agora para assegurar seu horário de saída

Por que usar
Direct Ferries?

Ferries de 3325 rotas e 764 portos no mundo todo

Mais de 2,5 de clientes confiam em nós

Nós organizamos mais de 1,2 milhões de travessias por ano

Nós verificamos até 1 milhões preços para nossos clientes todos os dias

Para maiores informações, por favor, visite nossa página Ferries de Cíclades para Dodecaneso.

Operadoras de Ferry Naxos - Kastelorizo

    • 1 Travessia por semana 16 hr 15 min
    • Get Price

Guia Naxos

Naxos é uma ilha grega no grupo de ilhas Cíclades no Mar Egeu. A maior cidade da ilha e sua capital é a cidade de Naxos, ou Chora. Chora é construída em forma de anfiteatro, no lado oeste da ilha e é um dos maiores portos do Mar Egeu. A cidade tem inúmeras lojas, bares, cafés e restaurantes que atraem a maioria dos moradores e visitantes. O emblema de Chora é a pequena ilha que se estende desde a sua costa, Palatia, com Portara, as ruínas do antigo templo dedicado ao deus Apolo. Portara é um monumento como uma porta que fica de pé sozinha, sem uma parede anexada em seus lados. Uma visita ao Portara é aconselhável, especialmente após o seu mergulho, enquanto o sol está se pondo.

Naxos é conhecida por sua tradição na gastronomia produzindo as famosas batatas Naxo, vinho, licor Kitron e o popular queijo graviera. Ao longo de toda a ilha, os visitantes vão encontrar muitos restaurantes e tavernas tradicionais, que servem pratos locais.

O porto da ilha também está localizado em Chora. Do porto ferries partem para Pireu (Atenas) e para as outras ilhas Cíclades.


Guia Kastelorizo

A ilha grega de Kastelorizo está localizada na borda leste da Grécia e é uma das menores e mais bonitas ilhas do grupo de ilhas do Dodecaneso. Às vezes referida pelo seu antigo nome, Megisti, a ilha tem uma longa história que remonta ao Neolítico. Seu antigo nome durou até a Idade Média, quando os Cavaleiros de São João construíram o Castello Rosso na rocha avermelhada acima dao porto. É com referência ao castelo, com suas paredes duplas e as ameias, que e a ilha recebe o seu nome. A prosperidade da ilha começou no final do século 19, graças à pesca e transporte.

A pequena cidade de Kastellorizo é a única área povoada da ilha e tem dois bairros: Pigadia e Chorafia. Caracteriza-se por ruas de calçada e mansões coloridas tradicionais, com varandas de madeira.

Ferries do porto ligam a ilha com Rodes, Kos, Nisyros, Piraeus, Kalymnos, Simi e Astypalea.