Ferry Patmos a Lipsi

A rota de ferry Patmos Lipsi conecta Dodecaneso com Dodecaneso e é atualmente operada por 2 companhias de ferry.O serviço Blue Star Ferries opera até 2 Vezes por semana, com uma duração de cerca de 30 minutos de viagem enquanto O serviço Dodekanisos Seaways opera até 7 Vezes por semana, com uma duração de 20 min.
Isso significa uma oferta total de 9 travessias semana na rota Patmos Lipsi entre Dodecaneso e Dodecaneso. Compare agora e obtenha a melhor tarifa para o horário que você quer viajar.

Operadoras de Ferry Patmos - Lipsi

  • Blue Star Ferries
    • 2 Travessias por semana 30 min
    • Obter preço
  • Dodekanisos Seaways
    • 7 Travessias por semana 20 min
    • Obter preço

Média de Preços Patmos Lipsi

Os preços apresentados representam o preço médio só de ida pago pelos nossos clientes. A reserva mais comum na rota Patmos Lipsi é um carro e 2 passageiros.

Guia Patmos

Patmos é uma ilha grega localizada no Mar Egeu. A ilha encontra-se ao largo da costa oeste da Turquia, sua capital é Chora e seu porto na cidade de Skala. Patmos é conhecida como a "Ilha do Apocalipse" e atrai turistas de todo o mundo apenas por este motivo. No entanto, é uma ilha muito pitoresca, com casas tradicionais brancas, águas azuis cristalinas, vida noturna vibrante e surpresas gastronómicas. A grande atração da ilha é A Caverna do Apocalipse, que acredita-se ter sido a caverna sagrada onde São Ioannis ouviu a voz de Deus e escreveu o Apocalipse. Na caverna, os visitantes podem admirar a cruz gravada por Saint Ioannis, bem como as três pequenas fissuras na rocha através da qual a voz de Deus veio, simbolizando a Santíssima Trintade.

Patmos é ligado por ferry com o Pireu, as outras ilhas do Dodecaneso e também com as outras ilhas do Mar Egeu, como Samos e Ikaria. O ferry de Pireu leva cerca de 7 horas para chegar ao porto de Patmos. A viagem para as ilhas próximas do Dodecaneso leva cerca de 1-1,5 horas, enquanto as viagens de Ikaria ou Samos demoraram um pouco mais.

Guia Lipsi

A ilha grega de Lipsi está situada na parte norte do grupo de ilhas do Dodecaneso e é a maior ilha de um complexo de pequenas ilhas e ilhotas, que são de grande interesse ambiental e fazem parte da rede Natura. A ilha fica entre a ilha de Patmos e a ilha de Leros e foi inicialmente habitada durante a idade pré-histórica. A cidade moderna foi fundada em 1669 por um cretense chamado Ilias. A ilha de Lipsi foi oficialmente unida com a Grécia em 1948 e se estende por uma área de 16 Km² com um litoral de cerca de 35 km. Atrações na ilha que valem a pena visitar incluem a igreja de Aghios Ioannis, Theologos, que está situado ao lado da Câmara Municipal e o Museu. Na igreja os visitantes podem ver o ícone de Panaghia a Mavri (Madonna Negra) que remonta a volta de 1500. Há também o Museu Eclesiástico-Folclórico que inclui algumas relíquias eclesiásticas e uma pequena coleção arqueológica e, finalmente, a Panaghia de Haros, localizada a apenas 1,5 km de distância de Lipsi. Este é o único ícone na Grécia onde a Virgem Maria é representada segurando o Jesus crucificado em seus braços, em vez do Menino Jesus. O mosteiro e o ícone remontam a 1600.