Pozzuoli - Amalfi é uma de nossas rotas mais procuradas - as travessias se esgotam frequentemente durante os períodos de maior movimento.
Dica:Não deixe para depois! Reserve agora para assegurar seu horário de saída

Por que usar
Direct Ferries?

Ferries de 3325 rotas e 764 portos no mundo todo

Mais de 2,5 de clientes confiam em nós

Nós organizamos mais de 1,2 milhões de travessias por ano

Nós verificamos até 1 milhões preços para nossos clientes todos os dias

Operadoras de Ferry Pozzuoli - Amalfi

    • 8 Travessias por semana 2 hr 50 min
    • Obter preço

Guia Pozzuoli

Pozzuoli é uma cidade na Península Flégrea e está localizada na província de Nápoles, na região italiana da Campania. Pozzuoli foi muito importante durante a idade grega e romana, e sua história é ainda visível em todos os cantos da cidade. Pozzuoli também é conhecida pelo estranho fenômeno chamado bradissimo: a atividade vulcânica, impulsionada pela pressão de gases subterrâneos, faz cidade subir e descer em relação ao nível do mar.

Uma das principais atrações da cidade é o Macellum de Pozzuoli, o mercado construído pela colônia romana de Pozzuoli. Quando foi escavado pela primeira vez, no século 18, a descoberta de uma estátua de Serapis levou à construção a ser identificada erroneamente como o Templo de Serapis. O passeio é um dos lugares mais visitados da cidade a qualquer hora e é o centro da sua vida noturna. No passeio você vai encontrar bares, restaurantes, pizzarias, sorveterias e os clubes mais legais da cidade.

Do porto da cidade, serviços de ferry operaram para Ischia, Procida e Casamicciola.


Guia Amalfi

A cidade de Amalfi é a maior cidade na Costa Amalfitana, na província de Solerno na Itália. A cidade situa-se no Golfo do Solerno ao pé do Monte Cerreto e na boca de uma ravina profunda. A cidade, junto com muitas outras cidades ao longo da costa de Amalfi, como Ravello e Positano, foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO. A cidade foi mencionada pela primeira vez no século 6 e logo depois adquiriu importância como potência marítima, negociando grãos de seus vizinhos, sal da Sardenha e escravos do interior, e até mesmo madeira, em troca de dinares de ouro cunhadas no Egito e na Síria, a fim de comprar as sedas bizantinos revendidas no Ocidente. Amalfi tem uma longa história de catering para os visitantes, com dois antigos mosteiros tendo sido convertidos em hotéis, o Luna Convento na segunda década do século 19 e o Convento dos Capuchinhos em 1880. Visitantes célebres de Amalfi incluem o compositor Richard Wagner e o dramaturgo Henrik Ibsen, ambos tendo finalizado trabalhos enquanto estavam em Amalfi.

Rotas sazonais de hidrofólio conectam os resorts no litoral de Sorrento e Amalfi, bem como Pozzuoli, Ischia, Procida, Nápoles, Torre Annunziata (para Pompéia), Ercolano (para Herculano), Capri, Salerno, Agropoli (para Paestum) e Palinuro na costa do Cilento .