Ferry Sete a Al Hoceima

A rota de ferry Sete Al Hoceima conecta
França com Marrocos. Atualmente há apenas 1 companhia de ferry operando esse serviço, Balearia. A travessia opera até 1 vezes cada semana com duração de travessia de cerca de 46 horas 59 minutos.
As durações das travessias Sete Al Hoceima variam com frequencia de temporada a temporada, assim, nós aconselhamos que você faça uma verificação em tempo real para obter a informação mais atualizada.

Operadoras de Ferry Sete - Al Hoceima

  • Balearia
    • 1 Travessia por semana 46 hr 59 min
    • Obter preço

Guia Sete

Sete, conhecido como Cette até 1928, é uma cidade no departamento de Hérault na região de Languedoc-Roussillon, no sul da França. A cidade é considerada a Veneza do Languedoc e é um resort à beira-mar no Mar Mediterrâneo. A cidade tem duas partes: a cidade baixa é o lugar onde o porto está e é atravessada por canais e pontes. A outra parte é a cidade alta de Mont St Clair. Na baixa, as casas de frente para o porto, canais e a atividade da pesca são as principais atrações, juntamente com a bela "aldeia dentro de uma cidade" - o setor de Pointe Courte. Ao longo das bordas dos canais estão atraentes edifícios que contêm lojas, restaurantes e bares.

Sète fica no sopé do Monte St. Clair (175 metros acima do nível do mar), entre o Golfo de Thau e do Mar Mediterrâneo. Para se ter uma idéia do layout da cidade você realmente precisa subir o Monte St Clair de onde obtém uma vista linda de seus canais e porto de mar.

Do porto da cidade os ferries partem para Nador, Tangler Med e Barcelona.

Guia Al Hoceima

A cidade marroquina de Al Hoceima encontra-se no extremo norte das montanhas do Rif, na costa do Mar Mediterrâneo. As montanhas de Rif e as praias do Mediterrâneo são o que fazem da cidade uma das cidades mais atraentes e sedutoras do Marrocos. Entrando na cidade, você pode pensar que está chegando em uma cidade marroquina muito comum com edifícios em forma cúbica, cafés e alguns hotéis. Apesar disso, o ambiente natural em torno de Al Hoceima faz com que ela pareça muito mais afastada do que a maioria das pessoas provavelmente imagina. Al Hoceima, também conhecida entre os moradores como Biya, foi colonizada pelos espanhóis por mais de três décadas quando era chamada Villa Sanjuro. Você ainda pode ver a influência arquitetônica espanhola em toda a cidade, apesar do crescente número de novos edifícios. Muitos moradores de Al Hoceima ainda falam fluentemente o espanhol como segunda ou terceira língua. A maioria da população são berberes da tribo Bucoya que falam Tamazight, um dialeto berbere.

O porto da cidade serve muitos barcos de pesca e ferries que ajudam a manter a indústria do turismo na cidade ocupada. É um porto que está sempre repleto de ferries e visitantes. Turistas e visitantes são capazes de contratar os serviços de um barco local para passeios e pesca.