Tinos - Heraklion é uma de nossas rotas mais procuradas - as travessias se esgotam frequentemente durante os períodos de maior movimento.
Dica:Não deixe para depois! Reserve agora para assegurar seu horário de saída

Por que usar
Direct Ferries?

Ferries de 3325 rotas e 764 portos no mundo todo

Mais de 2,5 de clientes confiam em nós

Nós organizamos mais de 1,2 milhões de travessias por ano

Nós verificamos até 1 milhões preços para nossos clientes todos os dias

Para maiores informações, por favor, visite nossa página Ferries de Cíclades para Creta.

Operadoras de Ferry Tinos - Heraklion

    • 7 Travessias por semana 9 hr
    • Obter preço

Guia Tinos

Tinos é uma ilha grega no mar Egeu e faz parte do grupo de ilhas Cíclades. Suas ilhas vizinhas mais próximas são Andros, Delos e Mykonos. Nos tempos antigos a ilha era conhecida como Opiussa e Hydroessa. A Igreja de Nossa Senhora ou Igreja Evangelistria em Hora é a mais famosa e está entre as igrejas mais grandiosas na Grécia. Foi construída entre 1823 e 1831 no local onde foi encontrada a Imagem Ortodoxa da Virgem Maria, após uma visão da freira Pelagia (que mais tarde foi reconhecida como um santa). O espaçoso templo é de arquitetura tradicional, com muitos arcos e dispõe de um edifício de dois andares e muitos edifícios menores em seu pátio, que contêm objetos artísticos, itens eclesiásticos e outros objetos históricos preciosos. Outro local na ilha que vale a pena visitar é o Mosteiro da Senhora dos Anjos em Kechrovouni que foi construído depois que três irmãs tiveram a mesma visão: uma mulher, Virgem Maria, disse-lhes para construir um mosteiro em um ponto específico no Kechrovouni, onde havia uma luz estranha.

Tinos é conectado por barco com os portos de Pireu e Rafina e também com as ilhas de Andros, Syros e Mykonos, e com quase todas as ilhas Cíclades


Guia Heraklion

Heraklion é a maior cidade da ilha grega de Creta e é um dos maiores centros urbanos da Grécia. O desenvolvimento da cidade começou no século 9 e em épocas posteriores ficou sob o domínio árabe, veneziano e Otomano, seus conquistadores inicialmente deram-lhe o nome Khandaq ou Handak que foi corrompido para Candia. Durante os Jogos Olímpicos de 2004, a cidade de Heraklion foi uma das sedes para o torneio de futebol. Entre os pontos turísticos mais conhecidos em Heraklion estão as muralhas da fortificação que delimitam a "cidade velha". As primeiras fortificações foram construídas pelos árabes e foram mais tarde reforçadas pelos venezianos no século 15. Das sete baluartes, apenas o bastião Martinengo sobrevive até hoje. Lá os visitantes vão encontrar a tumba do renomado escritor N. Kazantzakis, com vista para a cidade.

No porto antigo ao lado do porto moderno, os visitantes podem ver os tarsanades abobadados onde os navios costumavam ser construídos, enquanto que o lado ocidental é dominado pela fortaleza Koule do século 16. Heraklion é um importante porto para navios de passageiros e de carga. Os viajantes podem tomar ferries e barcos de Heraklion para destinos como Santorini, Ios Island, Paros, Mykonos e Rodes. Existem também vários ferries diários para o Pireu, o porto de Atenas, na Grécia continental.