Ferry Vathi a Kavala

A rota de ferry Vathi Kavala conecta
Ilha de Samos com Grécia. Atualmente há apenas 1 companhia de ferry operando esse serviço, Hellenic Seaways. A travessia opera até 2 vezes cada semana com duração de travessia de cerca de 17 horas 45 minutos.
As durações das travessias Vathi Kavala variam com frequencia de temporada a temporada, assim, nós aconselhamos que você faça uma verificação em tempo real para obter a informação mais atualizada.

Operadoras de Ferry Vathi - Kavala

  • Hellenic Seaways
    • 2 Travessias por semana 17 hr 45 min
    • Obter preço

Média de Preços Vathi Kavala

Os preços apresentados representam o preço médio só de ida pago pelos nossos clientes. A reserva mais comum na rota Vathi Kavala é um carro e 1 passageiro.

Guia Vathi

Vathi é uma cidade situada na ilha grega de Samos, no Mar Egeu Norte. Vathi é a cidade e capital da ilha e sua maior cidade. A economia da Vathi está fortemente ligada ao turismo. A cidade foi construída em forma de anfiteatro em torno de uma grande baía, e é uma fusão de cores do mar Egeu. Vathi é também um dos três principais portos da ilha. O porto fica no centro do lado oriental da baía que empresta seu nome à cidade. Limin Vatheos ou Kato Vathi, como é chamada pelos locais, é a mais animada parte da ilha, especialmente durante a temporada turística de verão. O rico passado histórico da ilha é estabelecido pelas ruínas, as descobertas e os restos de seus locais famosos. A histórica Igreja de Agios Spyridon, o prédio que abrigava o Parlamento, a Câmara Municipal e o Museu Arqueológico e Bizantino são todos símbolos do passado histórico da ilha e grandes atrações turísticas.

Do porto da cidade, serviços de ferry operam para o continente grego e para muitas outras ilhas gregas com ferries de alta velocidade e convencional. Os destinos incluem Pireu, Icaria, Chios, Mytiline, as Cíclades, as ilhas do Egeu e das ilhas do Dodecaneso.

Guia Kavala

Kavala, a capital e principal porto da prefeitura de Kavala é construída nas encostas do Monte Symvolo formando uma das cidades mais pitorescas da Grécia. De acordo com achados arqueológicos, a história da cidade remonta aos tempos pré-históricos. Inicialmente o centro da cidade foi restrito ao distrito de Panayia, que foi habitado ininterruptamente desde o século 7 aC. Depois de 2500 anos, porém, no início do século 16, Kavala expandiu mantendo essas novas fronteiras até 1870. Foi somente depois de 1928 que a cidade começou a moldar o que pode ser visto hoje. A sua importância estratégica e econômica ao longo dos séculos é atribuída a sua posição na Via Egnatia, que atravessa a cidade de Oriente a Ocidente, ao seu porto e à fortificação natural da península, em que a cidade antiga foi construída. Kavala possui um caráter único que reflete o seu passado recente, com mansões neoclássicas e grandes armazéns de tabaco que evocam a memória de um passado distante, quando a burguesia abastada dominava a cidade. Na "Meca do tabaco", como Kavala foi nomeada no passado, milhares de trabalhadores do tabaco ganhavam a vida.

Do porto da cidade ferries operam a Agios Efstratios, Limnos, Lavrio, Kirikos, Chios, Karlovassi, Psara, Vathi e Mitilene